Compartilhe
Ir em baixo
Convidado
Convidado

[CMH] Estatuto

em Sex Out 06, 2017 10:31 am


®️ CAPÍTULO 1 – REGRAS GERAIS ®️

Art. 1: as regras descritas neste estatuto regem todos os policiais que são da Polícia CMH. A partir do momento em que você aceita trabalhar na polícia, está automaticamente aceitando todos os termos.

Art. 2: todos os policiais integrantes da Polícia CMH devem respeitar as regras descritas na Etiqueta Habbo e também no Termo de Uso descrito pela empresa criadora do Habbo Hotel (Sulake). A Habbo Etiqueta pode ser acessada neste link: https://www.habbo.com.br/playing-habbo/habbo-way

Art. 3: é terminantemente proibido usar spam e propagandas que fiquem inundando a tela mesmo que seu objetivo seja o recrutamento, exceto em casos específicos em que a presidência o autorizem.

Art. 4: é proibido pedir promoções, pagamentos e/ou direitos, todos esses fatores são administrados cuidadosamente pelos superiores. Os pagamentos e as promoções são aplicados no momento certo e os direitos são dados aos policiais que conquistaram confiança e principalmente demonstraram comprometimento com a base.

Art. 5: este é um trabalho militar, isso significa que devemos ter comprometimento e fidelidade, não será aceito que o policial possua qualquer tipo de vínculo e com grupos de outras Polícias e/ou Organizações.

Art. 6: todos os membros do Departamento devem deixar seu perfil visível, é extremamente proibido deixar o perfil em modo Off-line.

Art. 7: ao entrar na base, certifique-se de estar com uniforme, missão e emblema correspondentes ao seu cargo, caso entre em base sem estes requisitos poderá ocorrer punições, sendo elas: Advertência verbal ou Advertência Escrita.

Art. 8: caso o policial perca sua página, mas não o emblema ele deverá falar com um membro da Direção acima para obter uma nova página. Caso ele perca o emblema, mas não a missão ele será considerado demitido do Departamento, isto só poderá ser mudado caso haja interversão da Presidência.

Art. 9: não será aceita a entrada pelas alavancas de policiais com páginas que contenham o número dos tópicos muito antigos (no máximo 02 tópicos antes do atual).

Art. 10: o policial deve colocar a sua vida pessoal em primeiro lugar, ninguém é forçado a permanecer na base, mas deve manter uma frequência mínima para poder permanecer em sua patente. Caso o policial necessite se ausentar por mais de seis dias, deverá solicitar um aval.

Art. 11: tudo que for publicado no grupo do facebook que diz respeito à corregedoria, será excluído e o autor punido severamente caso insista. Todos os prints ou quaisquer coisas do gênero deverão ser mandados exclusivamente para os corregedores.

Art. 12: é totalmente proibido um policial ter duas contas com vínculo ao departamento. Caso uma infração como essa seja descoberta, o policial será demitido em ambas contas sem chance de recorrer.

Art. 13: o policial que for visto como membro ou dono de qualquer grupo fake de qualquer patente da polícia, estará sujeito à demissão. A criação desses grupos é totalmente inaceitável.

®️ CAPÍTULO 2 - HIERARQUIA ®️

Art. 14: a hierarquia da polícia CMH é a base para a cadeia de comando a ser seguida por todos os integrantes da mesma. Em nossa constituição, o Presidente tem total autoridade para com todas as outras patentes.

Art. 15: será descrita abaixo a hierarquia usada pela polícia CMH, patentes militares:

[¥] CMH - Hierarquia Militar Inferior [¥]

Recruta
Soldado
Cabo
Sargento
Sub-Oficial
Oficial
Tenente
Capitão
Major
Tenente-Coronel
Coronel
General
Marechal

[¥] CMH - Hierarquia Militar Superior [¥]

Inspetor
Supervisor
Diretor
Diretor-Geral
Diretor-Fundador
Supremo


Art. 16: A Supremacia é o responsável por toda a polícia.

Art. 17: como forma de respeito à hierarquia, um inferior deve se referir ao seu superior da seguinte forma:

“Senhor, patente e nickname”
“Senhor, patente”
“Senhor, nickname”

Exemplo: “Senhor Supremo neto0303, permita-me a retirada da base?”, “Senhor General, posso ausentar-me?” ou “Senhor Danielx123hiper, permita-me ir ao OB?”.

®️ CAPÍTULO 3 – APLICAÇÕES ®️

Art. 18: todas as aplicações como advertência escrita, rebaixamento, demissão ou promoção deverá ser postada em seu devido tópico no fórum.

Art. 19: todas as aplicações devem ser postadas pelo autor, somente diretores acima podem solicitar que alguém poste por ele.

Art. 20: todos os policiais têm um limite mínimo de dias em que devem permanecer em sua patente antes de receber uma nova promoção. Esta regra não impõe que após esse período obrigatoriamente o policial será promovido. É importante lembrar que devem ter os dias completos e os treinamentos concluídos, tendo em vista somente os dias e horas concluído. A divisão fica dessa forma:

- Soldado – 20 minutos;
- Cabo - 1 dia e ter [TEC];
- Sargento - 2 dias [TES];
- Sub-oficial - 3 dias e ter [TSO];
- Oficial - 4 dias;
- Tenente - 5 dias, ser guia e ter [TT].
- Capitão - 6 dias, ser guia e ter TO;
- Major - 7 dias, ser guia e ter FT1;
- Tenente-Coronel - 8 dias, ser guia e ter FT2;
- Coronel - 9 dias, ser guia e ter FT3;
- General - 10 dias, ser guia;
- Marechal - 11 dias, ser guia e ter TCM;

Art. 21: os dias estão extremamente reduzidos, como estamos no início não há dias grandes, porém, em breve os dias serão prolongados em todas as patentes.

Art. 22: a Presidência pode promover sem os dias e treinamentos concluídos.

Art. 23: há uma divisão de qual patente pode promover até a patente x, veja:

- Tenentes promovem Cabos abaixo;
- Capitães promovem Sargentos abaixo;
- Majores promovem Sub-Oficiais abaixo;
- Tenentes-Coronéis promovem Oficias abaixo;
- Coronéis promove Tenentes abaixo;
- Generais promovem Capitães abaixo;
- Marechais promovem Majores abaixo;
- Inspetores promovem Tenentes-Coronéis abaixo;
- Supervisores promovem Coronéis abaixo;
- Diretores promovem Generais abaixo;
- Diretores-Gerais promovem Marechais abaixo;
- Diretores-Fundadores promovem Inspetores abaixo;
- Supremos promovem Diretores abaixo.



§:Segue abaixo o limite de policiais para os cargos superiores:

Inspetor: Ilimitado
Supervisores: Ilimitado
Diretor: 05
Diretor-Geral: 04
Diretor-Fundador: 03

Art. 24: somente Coronéis com FT3 acimas podem promover um cargo executivo.

Art. 25: nenhum policial pode dar autorização para outro policial promover uma patente mais alta que a permitida. Exemplo: um tenente não poderá pedir autorização para promover um cabo à sargento.

Art. 26: somente Generais podem postar uma advertência escrita, patentes abaixo que quiserem advertir, ele deverá procurar um Inspetor acima ou um membro da corregedoria.

Art. 27: só pode aplicar uma advertência escrita por vez, membros da direção podem aplicar no máximo duas advertências escritas por ocasião.

Art. 28: o policial que somar três advertências escritas será punido com um rebaixamento, as advertências escritas são zeradas assim que um policial é rebaixado, quando é promovido de Marechal à Inspetor e quando ele é promovido de Diretor-Fundador à Supremo.

Art. 29: as advertências têm um prazo máximo de dois dias para serem canceladas caso haja a possibilidade de que tenham sido aplicadas indevidamente, o advertido poderá recorrer a sua advertência e/ou rebaixamento à corregedoria.

Art. 30: um policial não pode dar advertência à outro policial cuja patente seja maior que a sua, somente se for igual ou inferior. Para esses casos, o militar deverá falar com outro policial que seja de patente superior, igual ao indivíduo ou um membro da corregedoria.

Art. 39: para promover um policial novamente, deve-se esperar que o mesmo receba duas promoções. Exemplo: Eu promovo João de Cabo a Sargento, só poderei o promover novamente de Oficial a Tenente.

Art. 40: os policiais de patente Cabo com TEC, Sub-Oficial com TSO e Tenente com TT, deverão utilizar a página do treinamento na missão. Exemplo: um Soldado foi promovido à Cabo, a página dele é: [01/10], no dia seguinte, ele faz o treinamento TEC e a página onde é postado esse treinamento é: [02/10]. O mesmo deverá alterar sua missão de “[CMH] Cabo [01/10]’’ para “[CMH] Cabo com TEC [02/10].

®️ CAPÍTULO 4 – AVAL E TRANSFERÊNCIA ®️

Art. 41: um policial só poderá pedir transferência de conta se ele for um oficial subordinado, para solicitar a transferência ele deverá entrar no fórum com a sua conta, em seguida ir até o tópico [CMH] Pedido de Aval e Transferência de Conta e fazer a sua solicitação.

Art. 42: se um policial recebe advertência pelos 6 dias ausentes, ele receberá demissão caso complete 21 dias ausentes. Exemplo: um policial passou seis dias ausente, ele vai receber uma advertência, se ele passar mais quinze dias (completando 21 dias), ele será demitido.

Art. 43: para evitar a demissão por 21 dias ausentes, o policial deve pedir permissão de ausência no respectivo tópico no fórum ou para um Diretor acima e apresentar motivos para tal. Após aprovado, o aval deverá ser postado no fórum, em seu respectivo tópico.

Art. 44: um aval só pode ser concedido pela Direção acima, Recursos Humanos e pela Corregedoria. Caso algum militar necessite de um, ele deverá falar com algum membro e postar no fórum.

Art. 45: o período máximo de um aval é de 15 dias, para evitar que o militar simplesmente esqueça-se de suas obrigações dentro do departamento. Caso o militar necessite de mais dias ausente, ele deverá falar com algum membro da direção, RH ou da corregedoria para poder renovar o seu aval.

Art. 46: caso resolva seu problema antes do prazo determinado, e queira retomar suas atividades, o militar deverá falar com algum membro da direção ou da corregedoria e solicitar o cancelamento de seu aval.

Art. 47: um aval só pode ser concedido por Diretor acima, Recursos Humanos e membros da corregedoria, no caso de cargos executivos somente Supremos com TM acima.

Art. 48: policiais que estiverem de aval estarão proibidos de ficar online no habbo hotel. Caso um policial com aval seja pego online, o mesmo será advertido e terá o seu aval cancelado.

Art. 49: caso seja encontrada uma irregularidade, o aval poderá ser cancelado sem aviso prévio.

Art. 50: supervisores de promoção devem ficar atentos e antes de postar a advertência e consultar um membro da corregedoria para averiguar se o policial tem um aval ou não.

®️ CAPÍTULO 5 – CARGO EXECUTIVO ®️

Art. 51: aqui serão descritas as regras que irão reger todos os policiais que tenham comprado seus cargos.

Art. 52: assim como as patentes militares, eles têm as suas importâncias na CMH, mas para que tenha o mínimo de justiça e ordem algumas regras foram pensadas para nivelar sua qualidade.

Art. 53: cargos executivos abaixo de VIP deverão entrar em base com uniforme.

Art. 54: o uniforme masculino é um terno com a cor da patente militar, calça branca e sapatos pretos.

Art. 55: no caso de uniforme feminino, a blusa deve ser social com a cor da patente militar, calça branca e sapatos pretos.

Art. 56: os cargos acima de VIP não possuem uniforme, mas deverão usar uma roupa formal e sem exageros.

Art. 57: é extremamente proibido um cargo executivo usar um uniforme de patente militar.

Art. 58: o formato da missão do cargo executivo é idêntica aos de patentes militares.
[CMH] + Cargo + Página + Atividade Extra.
Exemplo: [CMH] VIP [02/13] [G/SP]

Art. 59: cargos executivos têm como identificador o emblema “cargos executivos”, por este motivo o cargo executivo deverá entrar obrigatoriamente com o seu emblema favoritado.

Art. 60: qualquer outro emblema que o cargo executivo favoritar (exceto os emblemas de Melhores da Semana, Recursos Humanos, Superiores e Corregedoria) é motivo para advertência escrita sem aviso prévio e só poderá ser cancelada por um membro da presidência ou corregedoria.

Art. 61: cargos executivos e as suas equivalências, veja:

Cargos executivos Inferiores:

1ª patente: Sócio = Cabo;
2ª patente: Agente = Sargento;
3ª patente: Agente-Geral = Suboficial;
5ª patente: Advogado = Tenente;
6ª patente: Coordenador = Capitão;
7ª patente: Coordenador-Geral = Major;
8ª patente: Embaixador = Coronel;
9ª patente: Administrador = Ceneral;
10ª patente: Escrivão = Marechal;

Cargos executivos Superiores:

11ª patente: VIP = Inspetor;
12ª patente: VIP-Master = Supervisor;
13ª patente: Conselheiro = Diretor;
14ª patente: Orientador = Diretor-Geral;
15ª patente: Fiscalizador = Diretor-Fundador;
16ª patente: Imperador = Supremo;

Art. 62: o cargo executivo Imperador não pode ser comprado, apenas conseguido por mérito.

Art. 63: valores de cada cargo executivo:

- Sócio = 3 moedas;
- Agente = 5 moedas;
- Agente-Geral = 10 moedas;
- Advogado = 15 moedas;
- Coordenador = 20 moedas;
- Coordenador-Geral = 30 moedas;
- Embaixador = 45 moedas;
- Administrador = 60 moedas;
- Escrivão = 80c moedas;
- VIP = 200 moedas;
- VIP Master = 300 moedas;
- Conselheiro = 400 moedas;
- Orientador = 500 moedas;
- Fiscalizador = 600 moedas;
- Imperador = Mérito!

Art. 64: os valores devem ser pagos única e exclusivamente para os policiais que possuem administração no grupo [CMH] Cargos Executivos.

Art. 65: cargos executivos podem promover patentes militares, mas somente quando possuírem todos os treinamentos que é necessário para a patente.

- Embaixadores promovem Cabos abaixo;
- Administradores promovem Sargentos abaixo;
- Embaixadores promovem Suboficiais abaixo;
- VIP promovem Capitães abaixo;
- VIP Master promovem Majores abaixo;
- Conselheiros promovem Tenentes-Coronéis abaixo;
- Orientadores promovem Coronéis abaixo;
- Fiscalizadores promovem Generais abaixo;
- Imperadores promovem Inspetores abaixo;

Art. 68: os cargos executivos podem ser transferidos para patentes militares, porém, serão algumas patentes abaixo. Segue abaixo a lista dos cargos executivos a serem transferidos:

- VIP e VIP-Master é transferido à Major.
- Conselheiro e Orientador é transferido à Tenente-Coronel;
- Fiscalizador transferido à Coronel;
- Imperador é transferido à Marechal;

Art. 69: os cargos executivos só poderão ser transferidos com a autorização de um membro da presidência ou da corregedoria.

Art. 70: todos os cargos executivos são obrigados a realizar os seus treinamentos em ordem de acordo com o seu cargo, abaixo estará todos os treinamentos em ordem:

- Sócio deverá fazer AF e TEC;
- Agente deverá fazer AF, TEC e TES;
- Agente-Geral deverá fazer AF, TEC, TES e TSO;
- Advogado até coordenador deverá fazer o - AF, TEC, TES, TES, TSO e o TT;
- Coordenador-geral deverá fazer - AF, TEC, TES, TSO, TT, TO e FT1;
- Embaixador deverá fazer - AF, TEC, TES, TSO, TT, TO, FT1 e FT2;
- Administrador deverá fazer - AF, TEC, TSO, TT, TO, FT1, FT2 e FT3;
- Escrivão - deverá fazer - AF, TEC, TSO, TT, TO, FT1, FT2, FT3 e TCM;
- VIP - deverá fazer - AF, TEC, TES, TSO, TT, TO, TCM, TM01, TM02, TM03, TM;
- VIP Master deverá fazer - AF, TEC, TES, TSO, TT, TO, TCM, TM01, TM02, TM03, TM;
- Conselheiro - deverá fazer - AF, TEC, TES, TSO, TT, TO, TCM, TM01, TM02, TM03, TM;
- Fiscalizador - deverá fazer - AF, TEC, TES, TSO, TT, TO, TCM, TM01, TM02, TM03, TM;

Art. 71: após a conclusão de todos os treinamentos, o cargo executivo deverá realizar o teste da medalha, só poderá fazer o TM após concluir todos os treinamentos exigidos pelo cargo.

Art. 72: com a conclusão do teste da medalha o cargo executivo ganhará o benefício de poder promover após 7 dias.

Art. 73: todos os cargos executivos devem carregar em suas missões as siglas os treinamentos realizados e o grupo de cada treinamento concluído, após a conclusão do teste da medalha as siglas dos treinamentos na missão devem ser apagadas e substituídas pela sigla TM, os grupos dos treinamentos serão substituídos pelo emblema de aprovação [CMH] Teste da Medalha.

Art. 74: para comandar o OB é preciso ser no mínimo advogado com todos os seus treinamentos concluídos.

Art. 75: para comandar o OD é preciso ter direitos e possuir todos os seus treinamentos concluídos.

Art. 76: para comandar a recepção é preciso ser no mínimo Agente-Geral e possuir os seus treinamentos concluídos.

Art. 77: para operar nas alavancas é preciso ser no mínimo sócio e possuir o treinamento TEC.

Art. 78: para comandar as alavancas é preciso ser no mínimo agente-geral e possuir os seus treinamentos concluídos.

Art. 79: para comandar a salinha dos recrutas é preciso ser no mínimo advogado e possuir os seus treinamentos concluídos.

Art. 80: um cargo executivo precisa ser no mínimo VIP para poder ser transferido para patente militar.

Art. 81: um cargo executivo precisa ter concluído seu teste da medalha há no mínimo 10 dias para poder ser transferido.

Art. 82: um cargo executivo precisa ter autorização do corregedor-líder e um membro da Presidência para que o mesmo possa ser transferido à patente militar.

®️ CAPÍTULO 6 – FARDAMENTO E MISSÃO ®️

Art. 83: todos os Praças, Oficiais Superiores e Oficiais devem usar o fardamento adequado.

Art. 84: o fardamento masculino é boina preta, calça com bolsos preta, sapatos redondos pretos e blusa de manga curta com bolsos na cor de sua patente.

Art. 85: o feminino só muda a blusa que é a blusa top curta sem mangas na cor da patente.

Art. 86: dentro da CMH, todos aqueles que tiverem uniformes definidos terão que usá-los.

Art. 87: existem uniformes tanto para Cargos Executivos como para patentes militares;

Art. 88: os policiais que não possuem uniformes deverão utilizar roupas totalmente formais.

Art. 89: essa é a lista de cores que as patentes militares e cargos executivos devem usar na camisa/terno de acordo com a sua patente:

- Soldado = marrom escuro sem HC;
- Cabo = salmão sem HC;
- Sargento = branco com ou sem HC;
- Suboficial = azul escuro com ou sem HC;
- Oficial = azul claro com ou sem HC;
- Tenente = vermelho escuro com ou sem HC;
- Capitão = roxo sem HC;
- Major = rosa com ou sem HC;
- Tenente-Coronel = laranja com ou sem HC;
- Coronel = violeta claro com ou sem HC;
- General = verde escuro com ou sem HC;
- Marechal = amarelo claro com ou sem HC;

Art. 90: a partir do cargo de inspetor deve-se usar a roupa com a cor mencionada com uma medalha, calça com bolsos bege, sapatos pretos e não é obrigatório o uso de boina.

Art. 91: todos os uniformes de cargos executivos abaixo de VIP devem ser compostos por terno sem HC com as cores de suas patentes correspondentes as de patentes militares, calça branca e sapatos preto.
Exemplo: sócio = cabo, então sócio vai usar um terno na cor salmão.

Art. 92: a partir de VIP todos têm os seus uniformes livres.

Art. 93: a missão de todos os policias poderá ser abreviada até 3 caracteres.
Exemplo: [CMH] Gen [22/22] [G/Sp/Cro]

Art. 94: os policiais de patente cabo com TEC, Suboficial com TSO e Tenente com TT deverão utilizar a página do treinamento na missão. Exemplo: um soldado foi promovido à cabo, a página dele é: [22/10], no dia seguinte, ele faz o treinamento TEC e a página onde é postado esse treinamento é: [05/10]. O mesmo deverá alterar sua missão de “[CMH] Cabo [22/10]’’ para “[CMH] Cabo com TEC [05/10]”

Art. 95: a missão dos militares deve ser padronizada da seguinte maneira: [CMH] (patente) (página) (treinamentos) (funções)
Exemplo: [CMH] Major [08/25] [FT1/TO] [G/M.Cr]
Exemplo²: [CMH] Major [01/16] [FT1/TO/G/M.Cr]

Art. 96: o treinamento pode ser no mesmo colchete que as funções como diz o segundo Exemplo

Art. 97: aqui estão todas as barbas, cabelos e acessórios permitidos.

Art. 98: todos os fardamentos na cor marrom são livres a partir dei Inspetor/VIP.

Art. 99: todos os fardamentos na cor azul só são permitidos para membros do COT.

Art. 100: o fardamento rosa que é o brevê é de uso obrigatório para algumas funções, então ninguém é permitido utilizá-la a não ser que seja à favor da função.

Art. 101: o chapéu de coelho é de uso obrigatório para todos no mês de abril, que é o mês da páscoa.

Art. 102: o gorro de natal é de uso obrigatório para todos no mês de dezembro, que é o mês do natal..

Art. 103: todas as cores de cabelo e dos acessórios são permitidas.

Art. 104: é permitido que usem uma parte do uniforme HC e sem HC, ou seja, caso queiram usar o fardamento assim só é permitido usar somente a blusa na cor HC e o resto sem HC, ou usar somente a blusa sem HC e a calça, boina e sapatos na cor HC.

®️ CAPÍTULO 7 – BASE, SETORES E COMANDOS ®️

Art. 105: o quartel está dividido em diversos setores, cada um com a sua importância e todas estão sob responsabilidade de quem está no comando.

Art. 106: logo abaixo está a lista de todos os setores da base:

- Recepção (RP);
- Alavancas (AL);
- Salinha de Recrutas (SR);
- Operador de Soldados (OS);
- Oficial de Guarda (OG);
- Oficial de Base (OB);
- Oficial de Direitos (OD);
- Pátio;
- Salinha de Ausência (SA);
- Sala VIP;
- Sala de Aplicações;

Art. 107: o pátio é o local onde todos os policiais devem estar quando disponíveis, ou seja, eles estão sujeitos à ordens do OG, OB ou OD para ajudar em algum setor.

Art. 108: a salinha de ausência é o local onde todos os policiais devem ausentar-se, é totalmente proibido conversar, se mover ou quaisquer outra coisa. É um local somente para ausência.

Art. 109: o oficial de base precisa ter uma patente de no mínimo Tenente/Advogado com TT. O OB é responsável por atender e organizar as alavancas, recepção, salinha de recrutas e operador de soldados.

Art. 110: o Oficial de Guarda precisa ter uma patente de no mínimo Suboficial/Agente-Geral com TSO. O OG é responsável pela ordem e organização no pátio, sala VIP e salinha de ausência. Ele deverá encaminhar todos os policiais do pátio para os seus devidos setores.

Art. 111: o Oficial de Direitos é responsável pelos direitos da base, em expulsões, viradas de teles, aplicação dos comandos sentido e atenção e terá a permissão de consertar os policiais que não prestarem o sentido/atenção ou prestarem de maneira incorreta. Somente policiais com direitos podem assumir o comando.

Art. 112: Na falta do OD, o OB será responsável por anunciar o sentido/atenção.

Art. 113: Na falta do OD e OB, o OG será responsável por anunciar o sentido/atenção.

Art. 114: Na ausência do OG, o OB deverá realizar a função dele também junto ao OB.

Art. 115: Na ausência do OB, o OD deverá realizar a função dele também junto ao OD.

Art. 116: a sala VIP é exclusiva para os superiores, para os cargos executivos e para a aliada.

Art. 117: a recepção é a entrada dos novos recrutas a polícia, policiais com patente a partir de sargento/agente podem comandar nela. O objetivo do comandante é estar atento aos recepcionistas, responder as suas dúvidas e evitar a entrada de recrutas incorretos. O comando sempre deverá perguntar aos seus superiores se eles desejam ser assumidos, caso a resposta seja negativa, o mesmo permanece no comando.

Art. 118: a alavanca é a porta de entrada para os praças, oficiais subordinados e oficiais. Somente poderão operar nelas, cabos/sócios devidamente instruídos com o TEC acima.  O comando das alavancas é feito por um policial com a patente a partir de aspirante/agente-geral com TSO. A Alavanca 01 (a primeira) é responsável por conferir o fardamento, missão, grupo e perfil do indivíduo. A Alavanca 02 (a segunda) é responsável por conferir o registro no fórum do policial. O comandante caso for subalterno à um policial que esteja na Alavanca 01 ou Alavanca 02, ele deverá obrigatoriamente assumi-lo, caso ele não queira ele poderá comandar. O militar que estiver no comando das alavancas deve pedir para o 01 abrir a porta da entrada e 02 para abrir depois que ele confirmar que o policial consta.

Art. 119: o comandante não é obrigado a ser assumido, caso alguém queira assumi-lo, deverá perguntar antecipadamente e ter a sua permissão. (Isso vale para todos os comandos: recepção, OB, OD, OG e as alavancas).

Art. 120: o operador de soldados confere todos os recrutas que são alistados, vendo se todos os requisitos estão corretos e então liberando ele. Esse setor é assumido por cabo/agente com TEC acima.

Art. 121: a sala de aplicações deve ser utilizada para uma das três atividades que são advertir, rebaixar, demitir ou promover um militar.

Art. 122: a salinha de recrutas deverá ter um comandante suboficial/agente-geral com TSO acima. Ele deverá ensinar aos recrutas como falar em negrito, prestar sentido e à vontade.

Art. 123: é totalmente proibida a permanência na base sem que ela esteja aberta.

Art. 124: apenas os recepcionistas são obrigados à cederem o seu posto.

®️ CAPÍTULO 8 – DISCIPLINA ®️

Art. 125: Abaixo, serão descritas as formas com que o policial deve se comportar para ser um policial bem disciplinado.

Art. 126: digite sempre em negrito e utilize a letra inicial de cada frase maiúscula.

Art. 127: tente ao máximo manter o melhor nível possível de sua ortografia. Evite usar abreviaturas como Sr./Sra./pf/mds etc.

Art. 128: sempre utilize as pontuações, tais como pontos finais no final de cada frase, vírgulas, pontos de interrogação, exclamações etc.

Art. 129: evite ao máximo usar CapsLock desnecessariamente.

Art. 130: ao entrar na base, sempre entre também no fórum.

Art. 131: dirija-se sempre ao seu superior com o pronome de tratamento “Senhor/Senhora”.

Art. 132: jamais fique passeando na base, ao entrar, sente-se e aguarde as ordens do comando.

Art. 133: nada de efeitos e nem placas dentro da base.

Art. 134: jamais se sente no chão da base.

Art. 135: jamais fique ausente em lugar não autorizado.

Art. 136: sempre mantenha a ordem no centro da base, não fique esperando o comandante mandar juntar ou sentar.

Art. 137: se tiver dúvida, não se levante! Apenas acene e espere o comandante do setor/comando ir até você.

Art. 138: só chame um superior se for uma dúvida que nenhum de seus colegas próximos possa responder.

Art. 139: se estiver no comando e precisar expulsar um intruso, abrir portas etc., não fique fazendo escândalos na base, sussurre para alguém que tenha direitos e que não esteja ausente ou acene que o comando solicitará expulsão para você.

Art. 140: quando for sair ou ficar ausente, acene para que o comandante lhe dê a permissão e dirija-se à área de ausentes se você for ficar inativo.

Art. 141: jamais fique pedindo promoções, direitos ou treinamentos.

Art. 142: todas as punições, broncas ou algo semelhante deve ser aplicados somente por sussurro, ninguém poderá punir ou dar broncas fora do sussurro.

Art. 143: não tente bancar o espertinho e burlar as regras com indiretas ou frases camufladas, as frases abaixo também são consideradas pedidos de promoção.

“Senhor, estou há 20 dias na minha patente e ainda não fui promovido.”
“Senhor, ninguém me observa.”
“Senhor, o policial ‘Fulano’ foi promovido e eu estou há mais tempo.”

Art. 144: se o policial pedir promoção, poderá ser advertido ou rebaixado caso continue.

Art. 145: brincadeiras são aceitas dentro da base, desde que não atrapalhem o desempenho da mesma. Os que fizerem brincadeiras extravagantes devem receber uma advertência verbal e caso continuem, uma escrita e sem direito a recorrer.

®️ CAPÍTULO 9 – COMANDOS ®️

[¥] Sentido [¥]

Art. 146: o comando Sentido é aplicado quando entra uma patente superior ou igual na base. No comando sentido é extremamente proibido falar e se mover.

Art. 147: só é permitido falar caso o aplicador do comando faça uma pergunta.

Art. 148: todos os militares devem prestar o comando, somente a recepção não deverá prestar o comando, caso a Alavanca 02 estiver conferindo não é necessário prestar.

Art. 149: o Oficial de Direitos tem apenas 30 segundos para aplicar o Sentido.

[¥] Atenção [¥]

Art. 150: o comando é aplicado para anúncios, rondas e eventos, neste comando não é permitido falar e se mover.

[¥] Apresentar-Armas [¥]

Art. 151: o comando Apresentar-Armas é aplicado a pôs o comando Sentido, neste comando o militar deverá ficar acenando ( o/ ) a cada 02 segundos sem parar.

Art. 152: o comando é uma forma de punição, o militar deverá acenar ate o comando realizar o sentido novamente.

[¥] À vontade [¥]

Art. 153: o comando é aplicado pelo receptor do comando, quando este comando é dado todos os militares devem agradecer, logo a pôs sentar ou voltar a suas atividades.

Art. 154: deve agradecer da seguinte forma:
“Obrigado, senhor [patente]+[nick]”

Exemplo: Obrigado, senhor Supremo Danielx123hiper.

[¥] Apresentar-se [¥]

Art. 155: o comando é aplicado para anunciar advertências, promoções e rebaixamento.

Art. 156: no comando deve dar um paço a frente e acenar ( o/ ), quando o aplicador acenar novamente, o militar receptor deverá apresentar-se da seguinte forma:

“Senhor, [patente]+[nick], apresentando-se à espera de suas ordens“.

Exemplo: “Senhor, Marechal Alfredo, apresentando-se à espera de suas ordens”.

®️ CAPÍTULO 10 – FÓRUM ®️
Art. 157: sistema de promoções: nesse tópico são postados os relatórios de promoções, renovações de página dedicadas a todos os policiais da CMH acima da patente militar soldado.

Art. 158: sistema de advertências/rebaixamentos e demissões: nesse tópico são postado relatórios de advertências, rebaixamentos e demissões. Só pode ser postado por Coronéis acima, membros do RH e Corregedoria, uma advertência só é aplicado em Sargentos acima, rebaixamentos pode ser aplicado em Sub-Oficial acima, demissões pode ser aplicado em qualquer patente sem exceções.

Art. 159: sistema de aval: são postados nesse tópico os Avais solicitados por policiais a partir da patente tenentes acima.

Art. 160: pedido de aval/transferência de conta: Aqui devem ser postados todos os pedidos de avais e transferências de contas direcionadas à avaliação dos Superiores.

Art. 161: sistema de banimentos: nesse tópico, é postado os policiais que foram banidos das bases por algum motivo. Os que utilizam este relatório são os policiais que possuem direitos em base.

Art. 162: sistema de abertura e fechamento da base: é nesse tópico que são postados os horários de motivos do fechamento/abertura da base. Geralmente são utilizados por policiais que possuem direitos, mas podem ser usados por outros a pedido do policial que fez a abertura/fechamento.

Art. 163: aulas, o tópico existente em “Aulas/Treinamentos” e sua função. Relatório de aulas devem-se postar nesse tópico todos os relatórios de aulas de formação, sendo assim as aulas destinadas aos novos Soldados.

Art. 164: relatório de treinamentos, devem-se postar nesse tópico os relatórios dos treinamentos TEC, TES, TSO e TT.

Art. 165: em cada tópico deve ser seguido um modelo de postagem, tais modelos estão presentes na primeira página de cada tópico. Apenas o modelo apresentado é válido, porém, diretores acima podem postar de outra forma.

Art. 166: conforme a polícia for crescendo, serão criados novos tópicos e com eles, números de identificação. Cada tópico suporta entre 60 e 70 páginas. Quando o mesmo completa a quantidade máxima, acaba ficando impossível de continuar à utilizá-lo, criando assim a necessidade de adicionar um novo tópico.

Art. 167: os administradores do fórum são responsáveis por controlar o cadastramento de novas contas feitas por parte dos policiais do departamento. Portanto, solicite a um administrador para que sua conta seja aceita.

®️ CAPÍTULO 11 – PAGAMENTO ®️

Art. 168: o pagamento é realizado todo dia 05 de cada mês.

Art. 169: o valor do pagamento varia de patente para patente, ou seja, quanto mais alta for a sua patente, maior será o valor recebido. Os valores são decididos pelo presidente Neto0303 ou a Presidência atual no dia do pagamento.

Art. 170: a data e hora do pagamento sempre é anunciado no grupo do facebook Família CMH Legítima  ®️

®️ CAPÍTULO 12 – READMISSÕES ®️

Art. 171: quaisquer policiais que se demitirem do departamento podem solicitar a sua readmissão para um membro da presidência ou corregedoria, segue a baixo:

- Coronéis ate Marechais voltam uma patente abaixo.
- Inspetores ate Diretor-Fundador voltam duas patentes abaixo.
- Supremos voltam três patentes abaixo.

®️ CAPITULO 13 – CONSIDERAÇÕES FINAIS ®️

Art. 01: Este estatuto está sobre jurisdição do Departamento de Justiça da Polícia CMH. Todos os direitos Reservados. Estatuto criado pelo Supremo Danielx123hiper, às 12:52 no dia 08/10/2017.
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum